domingo, 16 de dezembro de 2012

Mudanças – Parte II (Passeando em Monte Vista)

Para saber como essa aventura começou, visite o blog do Christopher!

* * * * * * * * * * * * * * *


Maldita hora que inventei de sair de perto de meus “amigos”! Tá! Não tão amigos assim. O único que eu conhecia ali bem era o Chris, os outros quatro apenas por comentários, vulgo fofocas, da Sally. Parece que o quarteto Justin, Analiy, Matthew e Lissa formavam uma espécie de suruba em que as meninas eram dos dois homens e os dois homens das duas mulheres. Adaptação inteligente da palavra casamento!
E agora, até mesmo o Chris iria entrar na putaria! Estava dando uns catas na Analiy.
Eu me afastei deles porque não ia ficar de vela, e nem ia me meter com a Analiy ou a Lissa; tenho problemas demais em minha vida, e, segundo a Sally, eles quatro eram problemas!




Continuando meu raciocínio sobre ter saído de perto deles...
Eu estava ferrado! Porque Monte Vista tem de ser tão apertada, não ter placas e nem pontos de ônibus? Eu não sabia mais onde eu estava e tinha medo de não conseguir reencontrar os cinco patinhos... Lembrei da música... Cinco patinhos foram passear! Além das montanhas para brincar... Brincadeiras de adultos... Se é que me entendem...




Peguei meu telefone e tentei ligar para os cinco patinhos, para que algum deles pudesse me ajudar, mas nada! Chris: desligado; Analiy: desligado; Matthew: chama, chama, ninguém atende; Lissa e Justin: fora da área de cobertura!




Pensei em jogar meu telefone na fonte, de tanta raiva, mas antes que fizesse isso, uma doce voz surgiu atrás de mim:
- Quer ajuda? 




Uma garota extremamente bonita e de cabelos em um tom loiro bem claro aproximou-se de mim:
- Seu nome é Andrew Baron, não é? – Assenti com a cabeça. – Sou Juliana Cortez! Está perdido?
- Prazer, Juliana! Sim. Estou! Muito perdido! Preciso encontrar os cinco pat... Digo, meus cinco amigos...
- Hum... Se quiser entro em contato com meu pai. Ele é o dono da pizzaria e trabalha na prefeitura. Localizo seus amigos em poucos instantes.
- Sério? Nossa! Vou ser muito grato!




Nisso uma garota ao longe falou:
- Ju, não sabia que você conhecia Andrew Baron!

Juliana olhou para mim e apontou:
- Nem pense em se meter com ela! Depois explico! 




A garota se aproximou e colocou o filho no colo de Juliana:
- Andrew Baron, é um prazer conhece-lo! Me chamo Carlotta GilsCarbo! É um prazer tê-lo em nossa cidade! O que acha de tomar um vinho em meu rancho? Será um prazer!

Juliana me olhou de forma repreensiva e não consegui responder.




Ela colocou o filho de Carlotta no banco e falou:
- Sinto muito, Sra. GilsCarbo, mas eu e Andrew Baron temos um compromisso inadiável na prefeitura! Espero que não se chateie!
- Não tem nada não! Eu espero! – Ela sorriu maliciosamente para mim.
- Infelizmente não dará! Quem sabe quando seu marido voltar de viagem ele não queira conhecer Andrew Baron? – Percebi um olhar vingativo em Juliana.

Mulheres...




Juliana e eu caminhamos até a pizzaria (meu ponto de partida) e não avistei nenhum dos meus companheiros de viagem.
- Não entendi bem a sua repreensão... – Falei com Juliana após ela checar que não fomos seguidos pela Carlotta.
- Carlotta GilsCarbo é uma devoradora de homens! É casada e tem um filho, que eu não creio que seja do marido...
- Ué! O que tem? Temos tantos casamentos abertos... E até que não seria mal me aventurar... – Sorri.




Juliana me olhou seriamente e falou:
- Espero que esteja brincando! O marido dela é um dos maiores comerciantes da região e ele, simplesmente, manda matar todos aqueles que se envolvem com sua esposa. Eles não se separam porque a grana vem da família dela, então...
- Acho melhor ficarmos aqui! – Constatei. – E então, pode me ajudar?
- Claro! Mas antes deixe-me te apresentar a deliciosa pizza Cortez! Uma das melhores massas da região!




Juliana me deixou ali esperando e voltou após alguns minutos com uma massa de pizza.
- Meu pai é o dono do local, eu cresci vendo-o fazer pizzas e é claro que aprendi um pouco...




Juliana mostrou-me seus dotes culinários e sua habilidade em malabarismos com pizza. Era impressionante ver uma mulher tão delicada como ela apertando as massas de forma tão feroz.




Ela tirou a massa do forno e abaixou a cabeça.
- O que aconteceu? – Perguntei.
- Acho que devem ter colocado mais lenha enquanto nos afastamos... 




Ela virou para mim o prato com a pizza a riu:
- Isso nunca me aconteceu! Que droga! Que vergonha, Andrew! Mil perdões!
- Fica tranquila! Errar é humano! E você me apresentou algo melhor que a pizza, o seu show de malabarismos! É incrível!




Juliana pediu a um dos funcionários para jogar a pizza fora e foi até o banheiro lavar as mãos. A pizzaria encontrava-se vazia, não era uma das melhores temporadas com turistas.
- Andrew, será que você pode pegar essa toalha que está atrás da porta?
- Claro!




Assim que entrei no banheiro, Juliana empurrou a porta com a perna e me agarrou. Deu-me um beijo feroz e intenso. Apertei-a contra meu corpo e senti melhor seu aroma. Uma doce fragrância... Maravilhosa!




Em meio a tantos beijos, Juliana falou:
- Eu quero ser sua! Aqui! Onde eu sempre estive! Acho excitante esse risco!

Eu nada falei. Me deixei levar pelo seu ímpeto e pela sua vontade própria. Ela trancou a porta e desabotoou lentamente a minha camisa.




Ela soltou o cabelo e em poucos minutos transávamos ferozmente ali, tentando abafar nossos gemidos para que nenhum dos funcionários ou que nenhum cliente que aparecesse nos ouvisse. Ela tinha maestria com o sexo e sabia fazê-lo de forma intensa, verdadeira e sem deixar de ser sutil.




Saímos do banheiro e fomos até sua casa, que era a quase duas quadras da pizzaria. Não sei como chegamos lá. Parecíamos dois animais insaciáveis pelo sexo. Por pouco não fomos flagrados por alguns vizinhos aos nos apalparmos em meio as estreitas ruas de Monte Vista.
Ao adentramos em sua casa já estávamos quase que completamente nus e fizemos amor ali mesmo, tendo o sofá como nosso apoio.




Após algumas horas de descanso, era hora de ir embora. Juliana vestiu uma camisa larga, enquanto eu vesti minha roupa:
- Tem certeza que não quer ficar? Posso te conseguir um jatinho para amanhã...
- Infelizmente não... Meus amigos estão esperando e eu não sei o número do telefone de algum deles de cabeça... Meu celular descarregou, então... Preciso ir. Já está quase amanhecendo... Lembro da casa que dormimos, acho que podem ter ido pra lá. Espero poder te reencontrar novamente.

Ela me beijou e disse:
- Vai ser um imenso prazer!




Sai caminhando pelas ruas e tentava ver se meu celular, por algum poder do além, manifestasse uma carga de bateria, foi quando lembrei que havíamos marcado às 20h em frente à pizzaria!
- Puta que pariu! 




Para a minha sorte, consegui localizar a pizzaria e avistei meus amigos por ali. Apenas dei um grito e acenei.

* * * 
Querem saber como será o reencontro do Andrew com os amigos? Veja mais tarde em Por Trás de Christopher Luther!

Amigos, enfim tudo volta ao normal! Para compensá-los pelas faltas de atualizações, nesta semana teremos atualizações na terça, na quinta e no domingo ;]
Vocês devem ter percebido que o tamanho das imagens mudaram... Isso é porque tenho jogado agora em tela cheia ;3
Forte abraços a todos!

20 comentários:

  1. Andrew é mesmo "saídinho", como não bastasse tinha de se cruzar com uma tarada.
    A cidade é linda!

    Beijinhos, filhote!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saidinho? Yo? Magina! Soy un santito!
      Digamos que a Juliana não seja bem uma tarada, mas que tem "fuego", isso ela tem! \õ/
      A cidade é bonita, mas ainda prefiro minha Bridge ♥

      Beijos, BeAz ;**

      Excluir
  2. Espera, espera...deixo me recuperar da crise de riso antes de comentar.

    Eu falei para você que era para deixar o seu fogo para outro dia, depois chega todo desesperado achando que não ia encontrar mais a gente, também, tudo isso por causa desse seu fogo ai. Por que não ficou por lá? Garanto que teria se saído bem com a Lissa e não teria ficado de vela, ou talvez com você ali nada disso tivesse acontecido.

    Ahh eu não sei de mais nada, só sei que eu estou literalmente F***** ou não?
    Isso já são cenas para o próximo capítulo....kkkkkkkkkk

    Abraços vacilão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso não tem graça! u__u' Eu fiquei perdido!
      Eu não tenho culpa se tenho muito amor para dar... É involuntário... É do meu "eu"!
      Com a Lissa? Hum... *¬*
      Quem sabe não a convido para um jantar? USHUAHSUAH'

      Acho que você vai aprender a lidar com a Analiy! Que mulher, hein?

      Abração, oxigenado!

      Excluir
  3. :O
    Que mulher taradaaa!! kkkkkk. Só tenho essa palavra para definir uma mulher que resolve transar com um completo 'estranho' no banheiro do nada!!! kkkkkk
    Mas como você não nega fogo, não é mesmo, And!? kkkkkkkk (6)
    Nossa, ainda estou me recuperando desse capítulo intenso, mas que adorei! :D
    Beijos, taradinho!

    http://diariosthesims.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tarada? ._.
      Bom, digamos que eu não seja um completo estranho né? kkkkkkkkkk'
      Eu? Negando fogo? Graças a Deus não!
      Sim sim... Este capítulo foi intenso! Eu já estou recuperado *¬*
      Que bom que gostou *-*

      Taradinho? Yo? No mismo!

      Besos ;**

      Excluir
  4. Isso é que é mulher de atitude, amigo desculpa ter sumido mais já voltei e depois la para ver mais um capítulo de A Viúva.
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Tulio! Essa dai tem fuego nas veias!

      Abração!

      Excluir
  5. Cuidado viu And, quando a esmola é demais é bom desconfiar! kkkkkkk
    Espero que tenha tomado as devidas precauções, mulher assim é um perigo. Depois de 9 meses pode vir um resultado nada esperado além de outras coisas bem piores tipo DST!

    bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meg, você falou TUDO!
      Eu sempre sou prevenido! Um filho fruto de uma aventura romântica não é algo que esteja em meus planos...
      Passo 1: Camisinha. Sempre que saio de casa carrego uma ou duas das melhores e mais seguras marcas!
      Passo 2: Depois do sexo, não depositar a camisinha na lixeira da casa da garota! Existem mulheres que são baixas a ponto de coletar e ir a um laboratório clandestino!

      Beijão ;**

      Excluir
  6. Como você ousa ficar tão sumido And ? '-' Humf
    Tiraram a sua macumba \o/ HUASUHSAUHSAHU
    "- Carlotta GilsCarbo é uma devoradora de homens! " A suja falando da mal lavada --' kkkk
    Meio atiradinha não ? u.u
    Ri muito do seu desespero haha >.<
    Ps: não pude deixar de notar isso : Passo 2: Depois do sexo, não depositar a camisinha na lixeira da casa da garota! Existem mulheres que são baixas a ponto de coletar e ir a um laboratório clandestino! And o que você anda fazendo ? HUASHUSUHAHUUHSHUAHSUHUASHAHUSHAHUSAHUASUHSAUUAHSUHSAHUA
    Adorei o post, e não some!
    Beijos, ao contrário da Simy você não é um taradinho, você é mega tarado! HUHSUAUHSAHUSAHAS :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amore, o Aníbal mandou formatar o PC dele! Ele quis me ver longe! D;;;;
      Minha macumba foi tirada com força total \õ/////
      kkkkkkkkkkkkkkk' Tadinha da Juliana!
      "Meio" atirada? Pouco né? kkkkkkk'
      É uma dica, amore! Homens têm sempre de ser precavidos! Sei lá se a garota é uma maluca interessada em fama e dinheiro! \õ/
      Que bom que gostou, amore! *---*
      EEEU? Mega tarado?
      Nunca!

      Beijão ;**

      Excluir
  7. Muuuuita preguiça de comentar, depois de ficar sem net ¬¬' Vida cruel! Mas como eu sei que meu comentário faz muita falta né, eu vim u_u kkkkkkk'

    Na verdade eu acho que nem preciso comentar nada, duas palavras definem tudo: MULHER PERVERTIDA! Meu Deus, pior que eu! kkkkkkkkkkkkk'
    E pior, cara de pau ainda! Como assim ela fala que a outra lá é uma devoradora de homens, e 5 minutos depois te come vivo? kkkkkkkk' Eu pelo menos assumo meus ataques pervertidos u_ú
    E você nem gostou da Loira Tarada que tem cabelo de velha né!? kkkkkkkk' -Sim, me recuso a acreditar que isso seja loiro!!!

    Beeeeijos taradinho ;**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu coração estava contraído com tanta dor pela sua ausência, linda!
      kkkkkkkkkkkkkk' Tadinha da Juliana! Ela é apenas uma mulher livre!
      Na verdade não foi ela que me comeu... Tá! Parei!
      Cabelo de velha? Tadinha, amore! USHAUSHUAHSUAHS'

      Beijos, safadenha! ♥

      Excluir
    2. Awn, também já tava sentindo sua falta, lindo ♥
      Mulher livre? Livre sou eu meu bem, isso ai não tem mais rumo não! And, amour, sei que não foi ela que te comeu, e definitivamente não preciso de mais detalhes, a atuh já mostrou o bastante! Parece mais um filme pornô kkkkkkkkkkk'
      Sim, cabelo de velha! Eu sempre tenho que arrumar algum defeito, ou apelido, pra essas suas "amiguinhas". Se não eu não consigo ser feliz! kkkkkk'

      Eu sou uma santa, você sabe u___u'
      Beeeijos meu lindo ;**

      Excluir
    3. Owwn ♥ Eu que sinto mais sua falta, boba!
      Ela é livre sim! Sã diferentes liberdades kkkkkkkkk'
      Ok. Pulemos a parte de quem comeu quem ou o que!
      Tadinha, Jaque! Isso é ciúmes, viu? A Bêatrice é a única sem apelidos! Gostou mais dela? Vou procurar a francesa! kkkkkkkkkkkkkkkkkk'
      Santa... Sei! O Aníbal sabe também u_u'

      Beijão, linda! ;**

      Excluir
  8. Encontro de 2 tarados...q noite pra lá de quente!!!
    Q bom q encontrou os 5 patinhos...keru dizer,os 5 amigos.haha
    Beijosss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dois tarados? Desde quando sou tarado, Clau? ;O
      Os 5 patinhos brincaram bastante, quer dizer, pelo menos o Matthew não! kkkkkkkkk'

      Beijoos ;**

      Excluir