domingo, 3 de março de 2013

Encontros e Desencontros em Champs Les Sims – Parte I


Champs Les Sims parecia, ao longe, um pequeno ponto laranja no horizonte. O outono se findava, mas as árvores ainda possuíam poucas folhas secas em si. Uma rádio, sintonizada pelo som do táxi, informou que a temperatura na cidade era de aproximadamente 19°C e que a tendência era desta temperatura abaixar ao decorrer da semana.
“Ótimo!” – Pensei comigo. – “Ao invés de curtir o calor de Sunlit Tides, vim passar frio!”
Eu não estava ao todo chateado, afinal, participar de um festival de culinária em Champs Les Sims era mais que maravilhoso.



O táxi se aproximou da casa onde eu ficaria e, após descer as malas, ele partiu. A casa era um pouco grande para uma pessoa, mas o preço era bom e não haveria motivo para eu me incomodar. Se o Christopher não estivesse tão absorto em seus pensamentos, quem sabe ele não teria vindo comigo? Acabei nem convidando ele... Estava meio chateado com sua ausência, embora compreendesse um pouco seus dilemas.
Não avistei ninguém ao redor da casa, mas antes que eu pegasse o telefone para ligar para Pierre Collet, avistei-o vindo em minha direção.



- Andrew Baron, êtes-vous (Andrew Baron, é você)?! – Perguntou o homem ao se aproximar.
- Oui (Sim)! – Respondi amigavelmente.
- Fiquei com medo que se perdesse! – Ele falou em português, embora ainda mantivesse o sotaque francês.

Pierre me contou que nascera em Champs Les Sims, mas fora ainda bebê para Sunset Valley. Após a morte de seu avô, seus pais herdaram algumas casas e voltaram para a cidade. Ele entregou-me as chaves da casa e disse que deixou alguns telefones em cima de uma mesa.



Deixei minhas malas em um canto e observei a casa. Era muito mais bonita do que no anúncio – e muito maior também! -.



No primeiro andar havia dois quartos e uma pequena biblioteca. Ao olhar a cama, pensei em me jogar nela, mas já passava do meio-dia e o festival começaria às 15h. Procurei na lista de Pierre uma locadora de carros, mas avistei apenas um “Disk Lambreta”. Em Champs Les Sims as pessoas não utilizam muitos carros devido à grande poluição gerada por eles. Liguei para o tal número e em poucos minutos trouxeram-me uma lambreta.



Andar de lambreta não foi difícil. Afinal, um ator tem de estar sempre preparado não é? Já havia feito aulas de pilotagem de motos em Bridgeport logo após ser contratado pelo Estúdio.
A sensação de liberdade proporcionada pela moto me fez esquecer por alguns minutos do resto do mundo.



Fiz um pequeno lanche em uma cafeteria e estava me dirigindo ao local do festival, quando um homem se aproximou de mim falando:
- Cara, você é o Andrew Baron? O famosão? Aquele dos filmes e da TV? Cara, minha mulher é muito fã sua! Ela disse que te conhece do facebook! Não! Do Orkut! Não! Do Skype! NÃO! LEMBREI! De um blog! Cara, ela vai amar te ver aqui! Puts! – O cara parecia meio biruta e parou alguns minutos. – Vocês só se conhecem da internet né? Não é nenhum namorado dela não né? Ou é?!



SIM! O cara era maluco!
- Olha, senhor... Sinto muito! Mas diga que deixei um abraço para sua esposa. Infelizmente estou atrasado para um compromisso... Quem sabe outra hora nos esbarramos por ai?
- Não, Andrew... Espera um minutinho...
- Infelizmente não dá!

Sai dali um pouco apressado. Era só o que me faltava! Um biruta achando que sou amante da esposa dele! Mereço?



Já era noite quando o festival acabou. Apesar de ter ocorrido apenas em quatro horas, foi um momento extremamente produtivo e guardei dicas incríveis!
Estava deixando o Armazém dos Gonçalves, quando deixei minha chave cair no chão. Virei-me para pegá-la.



Porém, algo na praça me chamou a atenção. Um casal se beijava fervorosamente. Eu teria agido normalmente se não tivesse reconhecido aquele penteado e aquele corpo. Era ela! Não podia ser! Eu não queria que fosse! Não ela! Não ali! Não com outro! Meu coração ficou extremamente apertado. O ódio tomou conta de meu corpo. Lágrimas insistiram em descer, porém eu não permiti. Não seria fraco!



Eu estava prestes a me virar e ir embora quando uma mulher se aproximou de mim gritando:
- Andrew Baron! – Ela estava entusiasmada.

Porém, para minha infelicidade, Flora interrompeu seu beijo e olhou em minha direção. Uma lágrima escorreu de seu rosto e eu, friamente, virei o meu.

14 comentários:

  1. Ah!La France!
    Olha como fala desse biruta, viu? Eu amo ele!!!
    E deixe de ser esnobe, veja lá como trata uma fã ¬¬"
    Não se preocupe, não vou rasgá-lo ou me atirar em seus braços. kkkkkk
    Posso até te ajudar a dar uns tapas na sem vergonha ca Flora! =)


    beijoooooooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A França é incrivelmente incrível, Meg!
      Ah vá! Não foi minha intenção critica o Gustave, mas imagine você - DO NADA - ser abordado por um cara e ele achar que a mulher dele tem um caso com você? (altere os gêneros)
      Quem não surtaria?
      kkkkkkkkkkkkkkkkkk'
      Eu não tive culpa! Não fui esnobe! Estava com pressa e assustado!

      É até uma pena, viu? Você está com tudo em cima!
      Tapas na Flora? Por mim, beleza! \õ/

      Excluir
  2. Champs Les Sims, Paris de França... A Ronnie sempre adorou!

    Eu te avisei não avisei, And? Eu já sabia que iria encontrar sua ex...
    Tem a certeza que já não tem sentimentos por ela?

    Abraços, Ben.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre tive vontade de conhecer a França, Ben!
      Você avisou, cara! Mas... Eu precisava ir! Não vou me privar por causa da presença da Flora!
      Sentimentos por ela? JAMAIS!

      Abraços!

      Excluir
  3. Mais do que óbvio que você encontraria a Couve né, mon amour!? Eu tive muita vontade de dar uma surra nela, mas sou uma pessoa controlada! E eu quero ver você sendo forte ok, ela não merece suas lágrimas, na verdade não merece nada de você! Então tente agir como se ela fosse apenas um erro que entrou na sua vida, e felizmente foi embora! Se eu estivesse ai contigo, ela deixaria rolar muito mais que uma única lágrima!!
    Champs é linda, aproveita amor! Só ai você vai ficar andando de lambreta pra todo lado, e vai encontrar caras birutas achando que você é amante da esposa dele! kkkkkkkkkk' Fora que festival de culinária é coisa dos Deuses *-----*

    Beeeijo seu lindo ;**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor,você sabe como o mundo é um ovo né?
      Só você teve vontade de bater nela? E eu? Sou controladíssimo!
      Ela não merece MESMO!
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK' Você é cruel, sabia?
      Vou aproveitar! Quem sabe o que ainda me reserva essa viagem?

      Beijos ;**

      Excluir
  4. Aff, eu estava torcendo para que você não encontrasse essa vadia por Champs Les Sims... mas pelo jeito não adiantou! :/
    Seja forte, And!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Simy... Infelizmente encontrei ela... Maaaaaas, deixemos-a de lado e vamos aproveitar la France! \õ

      Beijos ;**

      Excluir
  5. Comoassim, Flora, com outro?!
    Parece que ela seguiu em frente...
    Mas adorei que você e Meg tenham se encontrado!!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Carol! Eu fiquei chocado, mas ela seguiu em frente né? D;
      Sim sim! Gostei de ter encontrado a maluquinha e o birutão kkkkkk'

      Beijos ;**

      Excluir
  6. Noooooossa quem diria isso da Flora ein

    ResponderExcluir
  7. Porque eu conheci logo esse cara aí? Tenho uma leve lembrança que já o vi dormir na paça (http://diariodebeaz.blogspot.pt/2013/01/capitulo-29-primeiros-encontros.html) estaria ele de novo à procura de Meg que acabou por se cruzar com And?

    Beijinho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É seu amigo, BeAz! À princípio não o reconheci, mas depois lembrei!
      Ele estava era querendo que a Meg falasse comigo! kkkk'

      Beijos ;**

      Excluir